Diário de um Sonho XVII

Meio que não dá pra crer nos últimos dias.
Escrever é uma inquietação sem fim, mas eu vivo um martírio toda vez que paro. Não consigo! Não dá! Preciso fazer algo!
Meu Deus! Que horrível deve ser não ter nada pra fazer! Que tormento!
As aulas começam segunda. Espero que me distraiam da minha inquietação crescente, da minha ansiedade irrefreável. Só não sei como vou fazer qualquer coisa com sono. Estou com tanto sono durante o dia! E tão sem sono durante as noites!




- Postado por: Tenie F. Shiro às 01h18

[ ]

___________________________________