O último mestre do ar

Boa tarde, pessoal!
Como estão vocês?
Vou bem, meio acabada por causa do simulado que teve ontem (Do qual eu sai esgotada física e mentalmente, irritada, desesperada e com muita fome), mas, eu vou sobreviver.
Hoje estou aqui pra fazer uma resenha de "O último mestre do ar", (Obs.: Não achei nenhuma imagem que valesse a pena) filme baseado na animação da Nickelodean "Avatar" (Obs.: Eu AMO essa série! Sou fã confessa com carteirinha e tudo XD). "Avatar" é uma animação linda, fantástica e premiadissíma! Tem personagens muito bem construidos, cativantes, a história te prende até o fim. Sem falar no traço! Magnífico!
Sobre isso, a primeira coisa que eu tenho a dizer é "vá assistir a série que compensa mais". A segunda é "talvez você se decepcione com o filme". Não que seja o pior filme do mundo, claro! Afinal, o pior filme do mundo é, disparado, 'Dragon Ball Evolution', seguido de perto de 'O sacrifício', porém, o filme deixou a desejar em muitos aspectos.
Eu explico. Quem assistiu a série completa, como eu, aprendeu a gostar de cada personagem, sabe como eles são e como agiriam em cada situação, e o filme descaracterizou-os, tanto física como psicologicamente. Um exemplo?
Príncipe Zuko, o príncipe banido da nação do fogo, um indiano? Quando eu vi isso no trailer eu já deveria ter previsto a desgraça. Nada contra os indianos, acho um povo muito rico, mas acho que ficariam melhor como se fossem parte do Reino da Terra (que abre muito mais espaço pra mais etnias do que os outros reinos) ou como parte dos Nômades do Ar.
É muito, muito, muito óbvio pra quem conhece que a Nação do Fogo é Oriental. Eu acho que a Nação do Fogo é uma representação do Japão,afinal, são muitas as semelhanças: a Nação do Fogo tem como território um arquipelago (bom, ao meu ver, aquilo parece um) como o Japão, além do tipo etnico dos personagens, visivelmente orientais. E quem não associou o Agni Kai com as lutas que os samurais travavam pela honra? Apesar de "Agni" ser uma palavra Hindu, "Kai" é uma palavra japonesa e, francamente, a Nação do Fogo tem mais de Japão do que de Índia. (Resumindo: Nação do Fogo é uma mescla de costumes asiáticos, na minha opinião).
O Zuko, personagem muito importante para a trama, não foi bem interpretado e o roteiro não ajudou em nada, porque ele ficou terrivelmente apagado. E aquela cicatriz? Pior que a de Harry Potter. Eu pensei que ia ver algo muito mais real e chocante. ¬¬' Amo o Zuko e vou dizer uma coisa: EU QUERO O ZUKO JAPONÊS E COM AQUELE RABINHO-DE-CAVALO SUPER-ULTRA-MEGA-SEXY QUE ELE TEM! //Fangirl descontrolada mode on//.
Bom, quanto à Nação do Fogo, nota 0 pro filme. Aliás, o Tio Iroh rejuvenesceu uns 30 anos ¬¬' Eu prefiro o Tio Iroh gorduchinho, velhinho, risonho e com aquela barba a la Wolverine muito fofa! ^w^ E, se eu já não disse, direi agora: Nada contra os indianos ou contra qualquer outra etnia, eu acho que o que eles fizeram foi forçar a barra, o que é obvio, porque você colocar uma pessoa de outra etnia pra interpretar um papel (visivelmente) destinado a pessoas com outras características fenotipicas, além de comprometer o filme (porque os fãs vão detestar), descaracteriza o personagem. E, convenhamos, quem está me achando etnista (Sim, porque Raça não existe, existe Etnia) e preconceituosa, está redondamente enganado, porque o pior tipo de preconceito é querer colocar uma pessoa negra, latina, indiana, etc e tal em um papel que não é compatível só pra dizer "Nós aqui nos EUA não somos preconceituosos", porque aí sim você está deixando seu preconceito evidente. Forçar a barra é uma mer** e os estadunidenses (essa palavra não existe aqui, né? No Espanhol existe) estão querendo botar banca de evoluidos. Eles têm preconceitos tanto quanto todo o resto do mundo, viu? E, às vezes, pior que todo o resto do mundo. Xenofobicos. ò_ó
O trio principal, Katara, Aang e Sokka ficaram bastante simpáticos (Obs.: A Tribo da Água tem a pele morena, mas ninguém ligou pra isso ¬¬'). Quem diria que o ator do Jasper (Jackson Rathbone) ficaria tão simpático com um rabicózinho de cavalo? XD Apesar do Sokka estar muito sério pro desenho, eu realmente gostei dele um pouco mais sério e maduro (também). Aang é fofis. *-* Pequerrucho (Vocês vão perdoar os erros, só por hoje :P)! A Katara é bonitinha, não sei se poderiam ter escolhido melhor, mas, quem roubou a cena e, novamente na minha opinião, atuou melhor foi Seychelle Gabriel, a atriz que deu vida à Princesa Yue. A parte em que ela vai para a morte é lindo demais, e o único beijo dela e do Sokka, emocionante *--* Eles não poderiam ter escolhido melhor!
O povo do Reino da Terra também me deixou meio com o pé atrás... De todas as 4 Nações, o Reino da Terra é o que abrange maiores etnias, mas, achei que ficou bom... Sinceramente.
A parte de figurino, efeitos especiais e cenário, tudo lindo e maravilhoso, coisa de encher os olhos! A cidade da Tribo da Água do Norte é magnifica, coisa épica. As lutas e os movimentos de dobra (Dobra é o dominio de algum dos 4 elementos) foram muito bons também. O roteiro foi fraco, você não consegue ter ligação alguma com os personagens e a continuação... Só Deus sabe, mas a gente espera que seja melhor.
Por isso, minhas amigas blogueiras, se vocês forem ao cinema, vão assistir "Aprendiz de feiticeiro" ou "Meu malvado favorito" que acho que vocês sairão de lá mais satisfeitas. Apesar de que, repito, não é a pior adaptação do mundo, só acho que pecaram em muitas coisas e o Zuko indiano foi um tormento pra mim T_T
Socialmente minha vida anda uma droga. A escola está um saco e eu mal consigo me concentrar, eu queria ser mais organizada, mas isso me deixaria completamente maluca, porém, por outro lado, eu sou muito preocupada com tudo, com todos e tento honrar minha palavra e meus compromissos sempre. É uma verdadeira neurose essa que eu tenho de tentar nunca dar desgosto à minha família. Eu sempre acabo me decepcionando comigo mesma quando não consigo algo ou quando não vou muito bem em alguma coisa, mesmo eles me dizendo pra não me preocupar. Acho que estou torrando meus miolos. (Obs.: Ando brava porque eu me esforço pra ir bem no que eu faço e tem gente que acerta 80% das provas e fica 'Ai, coitadinho(a) de mim! Só acertei 80%!'! Ah, vá pra ponte que partiu, filhinho(a)! ò_ó Falsa modestia é uma coisa revoltante).
Não fiz minha inscrição pra FUVEST porque acabei confundindo as datas, achei que dia 11 era dia 10 e aí... Dá pra imaginar, né? Mais uma complicação. Minha médica disse que se eu continuar estressada e angustiada desse jeito, eu vou ficar doente pra valer. Eu queria um calmante T_T Bem que eu poderia ser igual ao Amy ("Amy, o menino das estrelas", um livro muito bom e muito fofo. Recomendo), que não se preocupa com o que ainda está por vir. Ele diria que não adianta se "pré-ocupar", é levar a vida e quando os problemas vieram, aí sim você se ocupa deles. Triste ilusão.
Mudando de assunto, estou com uma dor de dente horrível desde a última vez que a dentista mexeu, torçam pra que essa terça (15/09) eu não descubra um problema de canal (Justo eu, que nunca tive problema nenhum com os dentes!).
Preciso ir agora que tenho umas questões de Física pra resolver e, além disso, tenho um capítulo enorme de Biologia pra grifar. Lê-se: Bye, bye neurônios! T_T
Tenham uma ótima semana!
Kisus,
Tenie F. Shiro.

 




- Postado por: Tenie F. Shiro às 16h33

[ ]

___________________________________